Saúde Mental: A nutrição do corpo saudável se inicia nutrindo o cérebro

A saúde mental é um estado de completo bem-estar em que o indivíduo é capaz de desenvolver suas atividades, lidar com as emoções e estresses diários, e estar bem consigo mesmo e com as pessoas de seu convívio.

Entre os exemplos mais comuns de transtornos mentais podemos citar as Fobias, a Síndrome do Pânico, Ansiedade Generalizada, Depressão, Anorexia, Bulimia, Insônia, Sonambulismo, Esquizofrenia, Hipocondria, entre outros.

A prevenção é a principal medida a ser adotada para que não se sofra por consequência de desequilíbrios mentais. Uma alimentação nutritiva e balanceada, rica nos componentes certos pode auxiliar na prevenção de doenças mentais, além de evitar a perda de memória, inclusive a que pode ocorrer durante o processo de envelhecimento.

A SEGUIR CITAMOS EXEMPLOS DE COMPONENTES CAPAZES DE NUTRIR NOSSO CÉREBRO, E SUAS RESPECTIVAS FONTES ALIMENTARES PARA MANTER UMA BOA SAÚDE MENTAL:

– Ômega 3: potente anti-inflamatório que pode ser encontrado em peixes de águas frias e profundas (sardinha, atum e salmão), no kiwi e nozes. Seu consumo está relacionado a diminuição do risco de distúrbios mentais como depressão, transtorno de déficit de atenção, dislexia, demência, transtorno bipolar, esquizofrenia, etc.

– Vitaminas do complexo B: Têm papel importante no funcionamento do sistema nervoso; a falta delas pode causar distúrbios do sono, confusão mental e depressão. As vitaminas do complexo B podem ser encontradas em cereais integrais, laticínios, carnes, ovos, frutas, castanhas e leguminosas.
– Colina: Participa da formação de neurônios e na reparação das células cerebrais lesadas. Presente na gema do ovo e em todas as sementes e grãos integrais, sendo importante auxiliar da nossa memória.

– Triptofano: precursor da serotonina e melatonina, responsáveis pela sensação de prazer e bem estar e pela regulação do sono, respectivamente. As principais fontes de triptofano são banana, carnes magras, peixes, iogurte natural, queijo branco, feijões e ovos.

Deve-se cuidar da saúde mental assim como se preocupa com a saúde física, até porque problemas psicológicos quando não tratados transformam-se em sintomas físicos. Precisamos estar bem com nós mesmos antes de qualquer outra coisa. Para nos proporcionar uma mente saudável devemos além de cuidar da nossa alimentação, praticar atividades físicas regulares, evitar vícios e procurar estimular nosso cérebro, evitando a monotonia diária e realizando constantemente atividades que possam gerar prazer.

Nada vale mais que sua saúde mental, nesse artigo citou-se apenas algumas dicas para a prevenção de possíveis transtornos. Caso você esteja passando por algum distúrbio mental (ou conheça alguém que esteja), não se acomode nem acanhe, busque ajuda! Qualquer problema tem solução e, por maior que ele pareça ser, se for dividido com as pessoas certas seu tamanho diminuirá consideravelmente.

A nutrição de um corpo saudável se inicia nutrindo o cérebro, assim como sempre ouvimos falar na citação “Mens sana in corpore sano” (uma mente sã num corpo são).

Fonte:  Mais Minas